Festas sagradas

Uma das coisas mais gostosas de morar fora é receber minha família e meus amigos vindos do Brasil e poder mostrar a eles um pouquinho da vida italiana de verdade – esse foi inclusive um dos propósitos originais do FloCiBO.

Nestes últimos dias, tive o prazer de ter meu pai aqui comigo, que veio na melhor época do ano para curtir as maravilhas gastronômicas do Bel Paese.

Isso porque o outono, além de ser a estação com ingredientes únicos e deliciosos como cogumelos (principalmente o porcino), castanhas e as preciosas trufas brancas – vou falar delas muito em breve – é também o período das sagre.

Sagra (sagração, em português) = festa popular de caráter local e periodicidade anual. As sagre têm origem católica e nascem como períodos de celebração de um santo (normalmente o santo padroeiro da cidade). Com o tempo, transformaram-se em ocasiões para comemorar a colheita de um ingrediente local, ou em oportunidades para promover produtos enogastronômicos da região.

Tem para todos os gostos: frutas, legumes, massas, carnes, queijos, embutidos… cada qual em uma cidadezinha diferente espalhada pelo território. Dentre as minhas preferidas, bato ponto todo ano na Sagra dell’Anguilla, a festa da enguia, em Comacchio.

Processed with Snapseed.
Comacchio

Comacchio é uma cidade linda (ouso dizer que é uma micro Veneza) na província de Ferrara que fica pertinho da linha que divide as regiões da Emilia Romagna e o Vêneto.

Pontes e Canais
Pontes e canais (Foto: Simone Tortini)

Dada sua posição particular, entre o Mare Adriatico e a foz de um dos maiores rios da Itália, o Po, é rodeada de canais de água salobra e, além de dar lugar à reserva natural com uma das maiores concentrações de espécies de aves da Itália (o Parco del Delta del Po, que tem até flamingo!), é também o habitat ideal para esses peixes esquisitos e deliciosos.

Por conta da sagra, durante quase um mês a cidade recebe milhares de visitantes que percorrem seus monumentos históricos, como as famosas três pontes e saboreiam essa iguaria (que as pessoas ou amam, ou odeiam, não tem meio termo) no stand oficial da festa, ou nos inúmeros restaurantes que preparam menus típicos especiais para tal ocasião.

Processed with Snapseed.
Enguias prontas pra brasa

A festa em si, como a maioria das sagras, parece uma quermesse: em um barracão, os comensais (velhos, crianças; moradores locais e turistas) se sentam e preenchem uma comanda com suas escolhas do menu especial.

Os pratos e o esquema todo são muito simples, como o misto de antepastos típicos, a enguia com molho agridoce e a massa com ragu de enguia.

Meu preferido, o filé de enguia na brasa com polenta jamais decepciona.

Processed with Snapseed.
Anguilla grigliata con polenta

Ao longo das ruazinhas da cidade, por sua vez, espalham-se barraquinhas com artesanato local e produtos da região.

Processed with Snapseed.
Adoro essa embalagem de enguia marinada, de uma empresa local

Dá até pra conhecer uma peixaria estupenda que nessa época abre as portas inclusive nos domingos para mostrar a todos a riqueza e a variedade dos produtos locais

É, enfim, uma daquelas experiências que eu gostaria de dividir com todos (tanto que carreguei meu pai pra lá). Daquelas que enchem a barriga, aquecem o coração e mostram por que a Itália é um dos países mais fascinantes do mundo.

Processed with Snapseed.
Pescheria Trepponti

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s