TOur-tlen: 23 vezes tortellini

Bologna sempre foi famosa por sua cozinha. Não por acaso, foi carinhosamente apelidada de “a gorda”.

Com o passar do tempo, porém, na opinião de alguns isso começava a se perder.

Então, em fevereiro de 2013, dezesseis grandes chefes e profissionais da gastronomia de Bologna e região resolveram criar uma associação cujo escopo era justamente reavivar a tradição quase esmaecida. Assim nasce a “TOur-tlen” – com um nome que joga com a palavra “tortellino” no dialeto bolonhês e que remete a um dos pratos mais importantes da tradição local. (Lembra do post sobre o tortellino?)

O amor pelos pratos tradicionais, assim como a vontade de experimentar e vestir a camisa dessa causa uniu essas pessoas para reacender os refletores sobre Bologna e seu enorme patrimônio gastronômico, redescobrindo pratos que se encontram nas mesas das famílias da região.

Desse modo, com o compromisso de mostrar como ainda é possível construir grandes projetos para Bologna, resolveram criar encontros nos quais a excelência do território se misturasse com a criatividade de cada chef, reinventando, ou melhor, homenageando um prato em particular.

No último domingo, dia 04 de outubro (não por acaso dia do santo padroeiro da cidade, San Petronio), em plena Piazza Maggiore, esses chefes e alguns convidados ilustres se reuniram mais uma vez para proporcionar ao público um dia de comilança e celebração. Cada chef tinha seu próprio estande e servia, em pratinhos de papel e garfo de plástico, pequenas porções de suas criações de tortellini (uma porção 4 euros, 4 porções 15 euros).

img_8903
“Tortellini ai porcini e parmigiano in ristretto d’anatra, cipolle di Medicina, arrosto e semi di zucca” – Antica Trattoria del Reno

Tinha tortellino tradicional servido no brodo (caldo) “sustentável”; no brodo típico de Modena e no brodo de galo. Tortellini recheados de mortadela e de bochecha de boi. Como está na época, várias receitas foram agraciadas com cogumelos porcini (a foto aqui em cima era servida sobre um caldinho de pato e cebola, e sementes de abóbora por cima – um desbunde), outras com trufas.

Processed with Snapseed.
Ristorante Cesoia – “Bologna La Rossa…dal Sangue Blu”

Teve até tortellini vermelho e azul, as cores do time de futebol da cidade!

Sem falar nas versões “marítimas”: com bacalhau e, talvez minha favorita, recheados de arraia e com pó de trufas por cima (é a foto do início do post, criação do grande Francesco Carboni, do Acqua Pazza).

Uma verdadeira festa.

A quem (ainda) duvidasse que Bologna continua gordinha e feliz, foi dada mais uma prova de que a comida ainda é a melhor forma de celebrar esta cidade. Para a alegria de todos nós.

img_8893
Chef Francesco com seu filho gracinha, que parece o Justin Bieber

 

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s