Enfiando o pé na jaca

Como vocês já perceberam, eu não sou muito de doces – confesso que escrevo menos posts do que deveria sobre o tema… mas sou mesmo uma daquelas pessoas que passa a sobremesa mas não recusaria mais uma fatiazinha de prosciutto crudo depois do prato principal… fazer o quê?

Por essa razão, quando me vem aquela vontade de enfiar o pé na jaca (porque uma hora ou outra essa danada aparece para todos), me jogo nos salgados. No Brasil, meu prazer proibido preferido era comprar um saquinho de mini pão de queijo e, abraçadinha a ele, ficar na frente da televisão assistindo a um jogo de futebol.

Como aqui isso fica mais difícil, vira e mexe me vejo à caça de comidinhas gordas que aqueçam o coração durante um arroubo de gula (e isso não é fácil, porque aqui normalmente não existem lanchinhos entre as refeições; a praxe é comer três vezes ao dia – ou no máximo quatro, considerando o aperitivo – e basta).

Mas, não sei se para minha sorte ou azar, há pouco tempo descobri um templo da fominha fora de hora: chama-se Pizzeria Quadrilatero (bem do lado da minha casa… que Deus me dê forças).

Pizzeria Quadrilatero
Pizzeria Quadrilatero

Ali, além de ótimos quadrados de pizzas, feitos sempre com farinha de kamut (um grão super saudável que está na moda por aqui nos últimos tempos), a cada dia são servidas guloseimas irresistíveis, principalmente do sul da Itália, como os rustici leccesi (típico da Puglia, uma espécie de folhado recheado de molho branco, tomate e mozzarella), os panzerotti (algo como uma empanada frita, típica do centro-sul, mas que na Pizzeria Quadrilatero é pequenininha come um risole) e, acima de tudo, mini-porções do meu amor incondicional: o arancino.

A porção de mini arancini tem 7, mas até eu chegar em casa para fazer a foto, já tinha comido 3...
A porção de mini arancini tem 7, mas até eu chegar em casa para fazer a foto, já tinha comido 3…

A porção-padrão dessa maravilha siciliana (da qual já falei por aqui) normalmente tem o tamanho de uma laranja – daí o nome: arancia é laranja em italiano – e justamente por isso resisto à tentação de comprá-la, porque é grande demais para um lanchinho, mas pequena para uma refeição.

Mas esses gênios do Pizzeria Quadrilatero resolveram oferecer a porção ideal: 7 bolinhas, do tamanho de uma bolinha de queijo de festa de criança, por módicos 2 euros… (Ferrou.)

Menu Pizzeria Quadrilatero
Menu Pizzeria Quadrilatero

E isso sem falar na miríade de opções alternativas, capazes de aplacar a gula a qualquer hora – por exemplo, que tal uma mini porção de linguiça (ou camarão empanado) e batatas no meio da tarde…??

E eles, safados, facilitam as coisas: você não precisa nem entrar em uma loja; da calçada mesmo, basta olhar o que tem no balcão e pedir aos simpáticos atendentes. Tudo isso bem no coração de Bologna (a dois passos da Piazza Maggiore).

É só chegar e pedir...
É só chegar e pedir…

Por isso, meus caros, da próxima vez que bater aquela vontade de mandar tudo àquele lugar e comer algo bem gostoso e gordo, não se sinta culpado; saiba que você não está sozinho e que isso acontece com todos, em todos os lugares do mundo.

6 Comments

  1. Mari

    Aiii coisa mais boa de vez em qdo enfiar o pé na jaca!!! rssss
    Adorei tudo, principalmente os quadradinhos de pizza e aquele pães redondos q delicia ! amoooo pão 😉
    E que lugar delicioso e simpático.. é mesmo uma covardia tão perto de casa né!? hehe
    bjim querida Flo

    1. Flora Pinotti Sano

      Nem me fale, Mari!!! Como aqui ainda está fazendo friozinho (e dá ainda mais fome!) estou tendo que mudar de caminho pra voltar pra casa… Hehe!
      Beijo grande e bom fim de semana!!!

  2. paula De Marchi

    Ola Flo.
    Que perdição!!!
    Amo suas dicas, fico com muuuuita vontade de tudo.rsrsr
    Mari, também amo pão. Já tive uma padaria com 98 funcionários. Amava a produção, alias era onde eu mais ficava.
    Bjus.

    1. Mari

      Puxa q bacana Paula!! trabalho lindo e delicioso 😉
      Só aquele cheirinho de pão assado já é uma tentação..heheh
      Bjus

  3. paula

    Olá, Meninas
    Só agora pude parar para responder.
    Flo, eu não consigo resistir a uma padaria,rrsrsrsr. Os aromas, os sabores, os formatos, as cores de uma massa corretamente fermentada e bem assada.
    E como a Mari disse” trabalho lindo e delicioso”.
    Mas a padaria que era para ser uma coisa pequena, acabou ficando grande demais para mim. perdeu um pouco do encanto e quase me “assou”.rsrsrsr
    Bjus

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s