Pizza do bem

Existe, na Itália, um movimento recente no sentido de revalorizar os ingredientes de qualidade – que são a base da cozinha italiana. Nessa onda, até uma das manifestações gastronômicas mais importantes dos últimos anos surgiu por essas bandas – o Slow Food, falei sobre ele por aqui.

Pois bem, com o intuito de oferecer nas prateleiras de mercados, e não apenas na feirinha natureba do bairro, produtos que respeitam a terra, sem agrotóxicos e feitos de acordo com processos de produção que respeitam as matérias primas (com baixas temperaturas e tempos reduzidos de manuseio dos ingredientes), surge em 1978 a Alce Nero.

Hoje, mesmo com uma considerável expansão da marca, garante que continua respeitando os preceitos que a guiavam na sua origem. E uma boa comprovação pode ser encontrada em Bologna, onde ao lado de uma lojinha dedicada exclusivamente aos produtos Alce Nero, foi aberto um restaurante-pizzaria muito particular: Alce Nero – Berberè Light Pizza & Food.

Ali, os carros-chefes são as “pizzas light”, feitas com farinhas integrais, fermentos naturais (que não “pesam” no estômago) e recheios simples mas inusitados, que preservam o sabor da matéria prima original. Uma combinação imbatível é alcaparra de Salina bio, tomate de Torre Guaceto (dulcíssimo), mozzarella fiordilatte (que é a variação mais delicada dentre os tipos feitos com leite de vaca), pimenta, orégano e manjericão. Um arraso.

Capperi di Salina bio, Pomodoro fiaschetto di Torre Guaceto, fiordilatte, pepe, origano selvatico, basilico
Capperi di Salina bio, Pomodoro fiaschetto di Torre Guaceto, fiordilatte, pepe, origano selvatico, basilico

Outra muito interessante, e mais substanciosa, é a com bietola (que é uma verdura que é um meio termo entre o espinafre e a escarola), batata, fiordilatte e Parmigiano Reggiano.

Patate, bietole, Parmigiano reggiano, fiordilatte
Patate, bietole, Parmigiano reggiano, fiordilatte

Sem falar daquelas com os excelentes frios selecionados, como a de prosciutto crudo di Parma curado por 18 meses, squacquerone (queijo que é o recheio da burrata), raspas de laranja e fiordilatte; ou com presunto cozinho de Mora Romagnola, burrata, damasco seco e, claro, fiordilatte.

Prosciutto crudo di Parma 18 mesi, squacquerone, scorze d’arancia, fiordilatte
Prosciutto crudo di Parma 18 mesi, squacquerone, scorze d’arancia, fiordilatte

Há pouco tempo, mudaram o menu, tirando algumas opções de pratos variados e deixando apenas as pizzas. Introduziram também um esquema degustação, bom para grupos de pelo menos 4 pessoas, no qual estas escolhem os sabores, os chefes determinam a escala de intensidade do sabor das pizzas, e, da mais suave à mais forte, as pizzas são trazidas à mesa e divididas entre os clientes.

Enfim, seja com degustação ou devorando pizzas inteiras, a Alce Nero conseguiu emplacar mais uma fórmula de sucesso: ingredientes biológicos, saudáveis, e pizza. E assim foi inventada uma pizza boa e do bem.

Alce Nero – Berberè Light Pizza & Food – Via Petroni 9c, Bologna (Clique aqui para mais detalhes)

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s