Dando de barato

É inquietante como damos de barato certas coisas que, no fundo são excepcionais – e raras. A companhia de pessoas queridas, o litoral brasileiro, água-de-coco… Pequenas coisas que, ainda que muito especiais, por se tornarem corriqueiras nas nossas vidas, não damos o devido valor.

Me dei conta que um desses exemplos é um dos restaurantes de que mais gosto aqui em Bologna, o Sale Grosso.

Bato ponto pelo menos uma vez por semana – já virou quase rotina – e por me sentir sempre em casa, por conhecer os chefs e os garçons, e, principalmente, porque comer bem ali é uma constância, deixei de perceber que a qualidade dos pratos do local é extraordinária, e muito difícil de se replicada.

O Sale Grosso é um dos raros exemplos de cozinha meridional (i.e. do sul da Itália, principalmente da Sicília) em Bologna e o menu, que muda todos os dias, oferece exclusivamente peixes, frutos do mar e pratos vegetarianos.

Sim, existem outros ótimos restaurantes de peixes na cidade (já falei, por exemplo, do Acqua Pazza aqui), mas o forte ali são os primi piatti (massas e risotos). Confesso que em nenhum outro lugar experimentei tantas e tão boas massas feitas com peixes e frutos do mar.

Orecchiette zafferano gamberi e basilico
Orecchiette zafferano gamberi e basilico

Alguns exemplos do que já tive a sorte de encontrar por lá: os sempre imbatíveis orecchietteal ragù di mare (com molho de tomates com lulas, polvos, peixe-espada e mexilhões) – que até mereceu a primeira foto do post, al zafferano e gamberi (açafrão e camarões), com cozze, piselli e pomodorini (mexilhões, ervilhas e tomatinhos) e por aí vai. Lembro-me também de um campeão, que de vez em quando dá as caras por lá: spaghetti ai ricci (alho e óleo picantinho com ouriço!).

Mas não só de macarrão vive o lugar…os secondi também são excelentes – e às vezes muito criativos, como o polpo con burrata, mosto e cicorietta (polvo, burrata, chicória nova e uma espécie de aceto), o involtino di pesce spatola con fagiolini, cicoria e patate (um enroladinho de um peixe tipo um agulhão, com vagem, chicória e batatas, com dentro dele tipo uma farofinha feita de pão ralado), a cotoletta di pesce spada con broccoli (peixe espada “à milanesa” com brócolis), ou ainda o “hambúrguer” de camarão… buoni!!

E para fechar com chave de ouro, as sobremesas, com frutas frescas e ingredientes típicos do sul – como os pistaches de Bronte – também arrasam.

Semifreddo di Pistacchi
Semifreddo di Pistacchi

E quer saber mais, na hora do almoço há um menu executivo no qual se paga 14 ou 15 euros por um prato, uma taça de vinho (ou café), água e couvert.

É ou não é algo excepcional? E eu que estava quase me acostumando…

Sale Grosso, Vicolo dei Facchini 4/a, Bologna.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s